As conchas, novamente

image

     Pode parecer pouca coisa a você que lê, mas a mim é muita. Desde pequena gostei do mar. Quando me diziam que ia à praia, era o dia mais feliz. Sempre preferi ficar nas cadeiras na areia, mas na maioria das vezes,  ficava perto da piscina. Não tenho do que reclamar, parecia um peixe! ( um pequeno detalhe: literalmente, sou peixes kkk ).
     Cresci tendo essa relação forte com as ondas. Mas, não, não virei surfista,rs. É que sinto algo forte que me leva ate o mar, uma especie de energia poderosa. E é muito bom poder contar com ela.
      Creio que se você não se contradiz, se você deixa fluir isso de tão forte que há em você, esse sentimento que sempre se sobressai aos outros, essa vontade gigantesca e inexplicável vai acabar encontrando algo bom.  Vai acabar encontrando a parte mais feliz de você.
     A minha parte mais feliz é o mar. Qual é a sua?

image
Angelsbyme

Não é sobre anjos.
Não,  a vida não é sobre anjos.
É sobre gente, de sangue e carne,
Que perde até cabelo quando se estressa.
Gente que pega o ônibus as cinco da manhã e reza para que não chova no caminho.
Pessoas que pedem licença e outras que dizem: sai do meio!
Gente que esquece o que ia dizer.
Gente que chora.
Gente que ri.
Gente que só quer se gente, e não “protótipo”.
Gente que lê e gente que assiste TV.
Gente que dá gargalhada e gente que faz fofoca.
Gente que se irrita e gente que perdoa.
Não fique pensando que somos anjos,
Não,  não somos.
Esse texto não é sobre anjos.
Não,  não é.